6 de julho de 2011

Mensagem

Mensagem de Rubem Tadeu C. Perlingeiro, Presidente da Diretoria Executiva Nacional da UEB:


Aos Membros do Contingente Brasileiro/Jamboree Mundial Suécia,

Lamentamos informar a todos que, em virtude de uma falha cometida pelo nosso fornecedor de jaquetas, estas foram fornecidas com etiquetagem de numeração trocada, ocasionando, assim, a distribuição das jaquetas em desacordo com o tamanho que havia sido definido pelo participante quando do preenchimento da ficha de inscrição no evento.

A solução encontrada pela UEB com o seu fornecedor (sem prejuízo de outras medidas comerciais cabíveis) foi a de dar a oportunidade de substituição da jaqueta (sem qualquer custo de postagem para os interessados na troca) para aqueles que se sentirem impossibilitados de utilizá-las durante o Jamboree em razão do lamentável fato acima citado, substituição essa que, infelizmente, só poderá ser efetivada após o evento.

A fim de minimizarmos o prejuízo causado e viabilizarmos a logística que envolverá a substituição dessas jaquetas, adotaremos os seguintes procedimentos:

1.- Efetuaremos a substituição das jaquetas somente para aquelas "sem uso" - aquele que optar pelo uso não poderá efetuar a troca - portanto, sugerimos que as jaquetas não sejam utilizadas durante o Jamboree Mundial.

2.- Antes da substituição da jaqueta pela numeração maior e o, consequente, envio da jaqueta para o escritório nacional, sugerimos que, se for possível, seja efetuada a troca interna entre os membros do Grupo Escoteiro, restando assim somente as jaquetas com o efetivo problema de numeração.

3.- A jaqueta deverá ser enviada para o endereço do escritório nacional - Rua Coronel Dulcídio, 2107 - Água Verde - Cep 80.250-100 - Curitiba/PR, com a informação da nova numeração desejada.

4.- A data limite para o envio das jaquetas a serem trocadas será até 16 ago 11, desta forma, daremos a oportunidade para aqueles que já seguiram viagem, retornarem a tempo de efetivarem as substituições.

5.- O prazo de entrega das novas jaquetas (para aqueles que optarem pela troca) será de 35 dias, a partir do dia 16ago.

Mais uma vez, pedimos nossas sinceras desculpas pelo transtorno causado.

Esse fato contraria frontalmente nosso objetivo de sempre primar pela qualidade na organização dos eventos de que participamos.

Sempre Alerta para Servir,

Rubem Tadeu C. Perlingeiro
Presidente da Diretoria Executiva Nacional da UEB

14 comentários:

marciosequeira disse...

Ilmo Sr. Presidente da Presidente da Diretoria Executiva Nacional da UEB

Como representante dos Escoteiros do Brasil ao Jamboree Mundial da Suécia li a carta postada no blog Brasilnojamboree, relativamente ao problema de confecção das jaquetas que fazem parte do enxoval.

Infelizmente, assim como o enxoval, esta chega tardiamente. E, pior, sem uma solução razoável para o contingente.

A proposta de substituição da jaqueta com defeito era o mínimo que se esperava da União dos Escoteiros do Brasil, mas os termos propostos somente servem à empresa responsável pela confecção das mesmas.

Não entendo de moda ou confecção, mas parece-me que não se trata apenas de um problema de etiquetagem. Há, também, um problema de modelagem das referidas jaquetas, vez que os braços são extremamente curtos e as jaquetas ficam apertadas no quadril (quando com o ziper fechado).

Teremos 814 escoteiros brasileiros e não consigo imaginar quantos destes conseguirão utilizar as jaquetas.
Alguns, como publicamente dito nos sites de relacionamento, tentaram trocar as jaquetas mesmo com estes defeitos.

O que parece ser uma solução, ao meu ver, não é. O ônus da substituição das jaquetas deverá ser imposto ao fabricante e não aos membros da Delegação, para sejam confeccionadas novas 814 jaquetas, até a data do início do Jamboree, e entregues na Suécia, às suas expensas.

Falo apenas de minha impressão pessoal, sem entrarmos em questões legais ou de Defesa do Consumidor.

Isto, ao contrário da proposta apresentada pela UEB de que o participante não leve a jaqueta ao Jamboree, que as envie ao Escritório Nacional (arcando com custo) até determinada data (prazo curto para substituição) e, mesmo assim, aguarde 35 dias para receber a jaqueta nova.

Desde o recebimento do enxoval ainda não encontrei resposta para a pergunta que me assola: Qual jaqueta utilizarei na fria noite do verão sueco?

Com certeza não será a da Delegação Brasileira e terei que adquirir outra, cujo custo não estava previsto, ou terei que me valer de outros agasalhos que porventura tenha (sejam eles Escoteiros ou não). Sem contar que a padronização do contingente brasileiro deixa de existir em todas as cerimônias e eventos noturnos.

Esta situação lamentável, sabemos, conseguiu ofuscar todo o brilho da nova programação visual do enxoval, amplamente elogiado durante a reunião preparatória de SP e nas redes sociais da internet.

Assim como o Senhor lamenta toda esta situação, lhe asseguro exitem outras 814 pessoas que, além de lamentar-se, encontram-se frustradas e preocupadas, tanto quanto eu. Ademais, devem arcar com os custos da aquisição de um novo agasalho às vésperas da viagem que, no meu caso particular, é dentro de dois dias.

Certamente, a resposta que esperávamos, não é a que ora se apresenta.

Sendo o que tinha, me despeço, lembrando do oitavo artigo da Lei Escoteira.

Sempre Alerta para Servir!

Márcio Sequeira da Silva

Dé Nunes disse...

E nós aqui de Três Coroas que ainda nem recebemos...

Anônimo disse...

Se não terei minha jaqueta no Jamboree, não vejo mais razão em tê-la. Prefiro receber meu dinheiro de volta.

Sempre alerta!

Lucas Moura

Douglas Galisteo disse...

prefiro meu dinheiro de volta também, o única razão de ter essa jaqueta era para o Jamboree, como faz?

Alice disse...

Sou Alice de Curitiba-Pr
Minha sugestão é bem simples,se não foram competentes para providênciar de modo adequado, aqui no BRASIL, então poderiam comprar aquela jaqueta à venda na loja do Jamboree.É só encomendar 814 jaquetas que os Suécos ficariam super felizes e certamente terão todas prontas para entrega na chegada do contingente brasileiro.
Não é por acaso que a Suécia é um país de 1º mundo e o Brasil....nem é bom dizer. Ou talvez outra sugestão seria encomentar para os Japoneses se eles reconstroem cidades em poucos meses confeccionar 814 jaquetas é serviço para poucos horas.

Alice

Diogo Laux disse...

Aqui em São Sebastião do Caí / RS ainda não recebi o enxoval... como faço?

Douglas Galisteo disse...

Da nada Diogo, tu pode trocar depois do Jamboree, aushaushuas

Ariadne disse...

Errar todo mundo erra, mas o que está difícil de compreender é:

"POR QUE DEMORARAM TANTO PARA TOMAR UMA ATITUDE???"

Será que quando receberam o produto não estavam ALERTA????

O mínimo que se espera é que verifiquem o produto assim que recebem. Os próprios "UEBzianos" poderiam ter feito esta troca na nacional e já ter distribuído corretamente (M para quem pediu P, G para quem pediu M, e assim por diante).

É LAMENTÁVEL esta situação, agiram com negligência e nos deixaram frustrados!

Mas não parou por ai, qual a solução encontrada?
"Não coube em vc? Espera pro final do jamboree que nós trocamos"!!!

Meu interesse era de ir com essa jaqueta ao jamboree e não andar pela rua XV exibindo este belo "modelito" verde limão, sofrendo cantadas "se já é assim verde, imagina madura".

Espero que a UEB tome outras providências e de preferência LEGAIS!!!

Para dar uma ajuda na resolução do problema cito um artigo do Código de Defesa do Consumidor:

Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.

§ 1° Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso;

II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

III - o abatimento proporcional do preço.

§ 3° O consumidor poderá fazer uso imediato das alternativas do § 1° deste artigo sempre que, em razão da extensão do vício, a substituição das partes viciadas puder comprometer a qualidade ou características do produto, diminuir-lhe o valor ou se tratar de produto essencial.

Como se vê, só resta à UEB devolver nosso dinheiro mal gasto!!!!!

Anônimo disse...

Entendo que houve um problema de fabricação das jaquetas, mas como ela faz parte do enxoval e sabemos que as noites suecas são frias, você não acha incoerente dizer aos jovens que não devem levar as jaquetas para o Jamboree? Você sugere que os pais arquem com mais um custo que seria da compra de uma outra jaqueta?

O fabricante tem a obrigação de trocar as jaquetas independente de terem sido usadas ou não, pois o problema não é dos jovens.

Estou entendendo que o prazo de 35 dias após 18 de agosto deve ser uma piada da fábrica.

A troca deve ser efetuada até o dia 15/07, pois provavelmente a maioria dos jovens que participarão do Jamboree, embarcarão para a Europa na 2a. quinzena de julho, ou seja a partir de 15/07.

Nenhum jovem deve ser penalizado pelo problema causado pelo fornecedor que a UEB escolheu.

Portanto aguardo um posicionamento da UEB.

Ana Bellé - Grupo Escoteiro São Judas Tadeu - 17 PR - Curitiba

Anônimo disse...

Cadê o povo do blog ou da organização do jamboree para responder essas indagações?

Lamentável

Tiago Selau disse...

Bom...ou a UEB toma as medidas legais cabíveis contra a empresa que confeccionou as jaquetas, ou eu as tomarei contra a UEB!

Nós pagamos um valor muito caro pelo material para frustrarmo-nos a poucas semanas do evento.

Ressalta-se, que a última data para o pagamento das despesas no Brasil - de R$500,00 - foi efetuado em 10 de maio, mas que, ainda assim, muitas pessoas já haviam depositado o valor com muito tempo de antecedência.

É inexplicável a demora para entrega do kit e a sequência de erros cometidas pelos administradores.

Estamos batendo somente na questão das jaquetas, mas, por exemplo, só recebi 1 (um) pin, ao invés dos dois prometidos.

Enfim, muitos problemas, muita decepção. Para piorar nos deparamos com a passividade daqueles que deveriam estar brigando por nosso direito contra a empresa fabricante do enxoval.

Triste.

Ricardinho disse...

Caros amigos,

Desde que fiquei sabendo dessa questão das jaquetas (a exatos 4 dias em um e-mail enviado pelo Luiz Vendramini), não tenho dormido direito pensando em uma solução para a questão das jaquetas.

E garanto a todos vocês que tenho feito o possível (e também chutado o "IM" do impossível como nos ensinou B-P) para termos uma outra alternativa para esse problema.

Deixo aqui meu compromisso pessoal com todos os membros do contingente brasileiro, bem como seus pais ou responsáveis de seguir buscando uma alternativa para esse problema até o Jamboree.

Também informo que estamos considerando cada um dos comentários de vocês aqui no Blog, bem como em outras mídias e manteremos todos vocês atualizados de cada novidade com relação a esse assunto.

Por fim, peço a todos vocês paciência, confiança e tempo, pois não descansaremos até termos esgotado TODAS as possibilidades.

Sempre Alerta,

Ricardo Stuber

Anônimo disse...

Amigos e amigas,

Sem duvida esta situacao das jaquetas nos aborrece muito pois as mesmas ficaram muito bonitas e todos queriamos literalmente brilhar com elas na Suecia.

Entretanto, nao podemos deixar que este problema estrague o NOSSO Jamboree.

Mais importante que a jaqueta sera a oportunidade de conviver com pessoas de paises que nem sequer sabemos que existem, aprender muito, divertir-nos ate o por do sol (e isso vai significar um bocado de tempo), rir de alegria, chorar de emocao e voltar pra casa com as melhores memorias de nossas vidas.

Falta pouco. Viva o Jamboree! Viva os Escoteiros do Brasil!

Rafael Vita Lopes disse...

Olá Ricardinho,

Fiquei sabendo que o prazo de entrega da jaqueta pelo fabricante é de 10 dias, porém o prazo de entrega do Nylon é 25 dias... Por isso precisaríamos de 35 dias(no mínimo) para entregar as novas jaquetas.

Pesquisei um fornecedor que possui o material(nylon) à pronta entrega.
http://www.oyapoc.com.br Nas cores verde limão de Azul Turquesa.

Ou seja, se tivermos uma boa vontade do fabricante das jaquetas poderemos em alguns dias ter o material substituido.

Outro fato importante a ser levado em consideração é que não será necessário a substituição de 812 jaquetas. Para muitas pessoas serviu ou conseguiram substituir dentro do grupo.

Caso não seja possível realizar a troca da jaqueta antes do jamboree. Peço me informar qual o tipo do Nylon usado (95, 240, 250 etc...) pois eu irei fabricar a minha própria jaqueta.

NÃO VOU PRO JAMBOREE SEM ELA!!!!

SAPS
Rafael Vita 13 MG